O CIRCUITO MANGUEIROSA:

O Circuito Mangueirosa surgiu a partir da união de seis produtoras culturais (Bando Mastodontes, Bloco Filhos de Glande, Lambada Produções, Meachuta, Melé Produções e Se Rasgum) com o objetivo de revitalizar o Carnaval de rua de Belém desfilando, de forma gratuita e acessível, quatro blocos que fazem um passeio pela diversidade musical do Estado. A primeira edição do Circuito ocorreu em 2019, levando às ruas de Belém mais de 40 mil brincantes em quatro dias de folia.


A ideia é oferecer uma programação aberta para a cidade durante o Carnaval, com a participação de artistas locais que trazem em seu repertório a música paraense, estimulando o turismo e movimentando a economia na capital neste período, resgatando tradições culturais e o Carnaval de Belém para que volte a ser uma atração turística-cultural da agenda da cidade.

BLOCOS

BLOCOS

A programação dos blocos ocorre no Complexo Ver-o-Rio de forma gratuita e iniciará com um grande show de abertura do Circuito no dia 21 de fevereiro a partir das 18 horas. Nos dias 22, 23, 24 e 25, a folia começará às 12h no Complexo, com atrações até às 19h30, horário em que os foliões saem em cortejo pela Av. Marechal Hermes em direção à Casa Mangueirosa (antigo Porto Music/Afrikan Bar), onde a programação segue com atrações convidadas e cobrança de ingressos a preços populares (a partir de R$ 15).


Cada data do Circuito é composta por um bloco de carnaval. No dia 22 de fevereiro, quem comanda a folia é o Bloco Lambateria, com Félix Robatto e convidados. Já no dia 23, quem assume é o Bloco Manada, composto pelo Bando Mastodontes. No dia 24, o Bloco Lucha Libre sobe ao palco e no dia 25, o tradicional Bloco Filhos de Glande fecha esse grande período de folia com a sua Orquestra Carnafônica.

LANÇAMENTO

LANÇAMENTO

O primeiro grito do Circuito Mangueirosa será em seu lançamento oficial no dia 28 de dezembro, trazendo em sua programação uma mistura dos ritmos que compõem o Circuito Mangueirosa: Félix Robatto com participação do Lambadeiros do Trovão, Bando Mastodontes com participação de Luê e Mateo (FEH), além da Dj Rebarbada, Dj Lux e dos Djs Azul e Zek Picoteiro. O evento também será marcado pela abertura da Casa Mangueirosa, localizado no antigo Porto Music/Afrikan bar, que será a sede do Circuito e local dos “afters” dos blocos.


Do dia 28 de dezembro de 2019 até o dia 25 de fevereiro de 2020, a Casa Mangueirosa estará aberta ao público com o propósito de ser um palco para a cultura de nossa cidade, se transformando na casa do carnaval de Belém. O espaço receberá alguns bailes de pré-carnaval, bem como realizará programação gratuita de qualificação profissional por meio de oficinas, palestras, workshops e mesas de debate de incentivo e qualificação da mão-de-obra local, contribuindo para a profissionalização do mercado cultural paraense. Além disso, o espaço também está aberto para receber pautas de atuações culturais durante o período.

PROGRAMAÇÃO

A partir de janeiro de 2020, o Circuito irá promover uma agenda de eventos para começar o aquecimento para o carnaval. Temos o Mangueirosinha, baile infantil onde toda a família pode ter um momento de lazer pensado exclusivamente para a diversão das crianças, com brincadeiras, contação de histórias, entre outros. Além disso, teremos os bailes de pré-carnaval: 11 de janeiro será o Baile da Camisa Florida, da Lambateria e o Bloco Unidos do Camaleão, da Se Rasgum Produções; 18 de janeiro será a festa Na Brea com Heavy Baile, da Melé Produções; 07 de fevereiro tem o Baile Manada, do Bando Mastodontes; no dia 08 de fevereiro, o baile à fantasia do Filhos de Glande e no dia 15 de fevereiro tem o Baile Meachuta.


No Complexo Ver-o-Rio, a folia começa dia 21 de fevereiro e só termina dia 25, onde o Circuito irá montar uma estrutura de arena que contemplará palco para shows, espaço para feirinha, praça de alimentação, bares e banheiros químicos, permitindo a entrada do público gratuitamente, mediante a revista para garantir maior segurança ao evento, que é um programa para toda a família.

CUIDANDO DA CIDADE!

Além de resgatar o Carnaval em Belém, o projeto vai entregar o espaço limpo, em parceria com associações de catadores de lixo que farão a coleta seletiva no espaço, gerando renda para esses trabalhadores. Além disso, serão dispostos banheiros químicos e lixeiras, tanto no Ver-o-Rio quanto no caminho do cortejo.


O Circuito também oferecerá equipe de segurança para garantir que a folia seja tranquila para todos, bem como para salvaguardar os espaços públicos. Também serão realizadas durante o evento campanhas contra o assédio, de conscientização ambiental e uso de preservativo.

nos siga nas redes sociais:

icon-fb-2.png
icon-ig-2.png
icon-tt-2.png